Me siga pelo E-mail, meu !!!

sábado, 21 de fevereiro de 2009

A difícil arte de ser brasileiro

Somos artistas idiotas, todos.

Somente o fato de ser brasileiro já demonstra que somos artistas idiotas, pois em poucos países do mundo um povo é tão notadamente estúpido e palhaço, talvez na Venezuela, o povo seja um pouquinho mais estúpido, mas concorrer conosco é difícil, pois somos campeões em muitas modalidades, por exemplo:
1)Na desfaçatez de nossos políticos;
2)Na inoperância dos honestos (poucos, hein!);
3)Na credulidade (acreditamos em qualquer bobagem dita pelos governantes);
4)Na graciosa mania que temos em ajudar para se mostrar (anonimato é idiotice, pois ninguém fica sabendo o quanto somos "bonzinhos".E ajudamos principalmente quando a mídia manda, pois os infelizes que passam a fome ao lado de nossas casas não precisam tanto;
5)No carnaval, que, pasmem, consomem quatro dias úteis de produção de nossas empresas (depois reclamamos que não temos dinheiro, que existe uma crise "brava", e etc.)
6)No futebol, pois os "fanáticos" torcedores sustentam jogadores que ganham centenas de milhares de reais por mês, num país com salário mínimo de R$ 465,00.
7)Na corrupção ! Só perdemos para países da África (nossa, que belo consolo, existem países mais corruptos que nós, ainda bem !)
8)Na memória!Certamente somos o povo que nunca esquece as bandidagens ! Inclusive uma das estratégias utilizadas pelos nossos políticos é fazer as maiores atrocidades com o dinheiro público, desaparecer um tempinho e depois serem eleitos pelo povo (vide Antonio Palocci, Renan Calheiros, Severino Cavalcanti, Fernando Collor de Mello, e etc, etc, etc)
9)Na ignorância completa, pois nosso presidente, um sindicalista (ainda é) que esteve envolvido nas maiores falcatruas com as montadoras em seu tempo de grevista ; esteve envolvido com a compra de deputados(mensalão) ; esteve envolvido junto com seu filho em outras falcatruas ; o pior exemplo possível para os jovens, pois é um ignorante, ignorando a linguagem culta de seu país, nem sequer se preocupa em estudar reciclando-se, grosseiro, é aclamado pelo povo com alta popularidade (prova a bela tese que cada povo tem os governantes que merece).
10)E quando algum escândalo é descoberto, a população não se importa, pois já que somos palhaços pagando os absurdos destes mandatários que mal há, se um deles se supera e encancara ainda mais a fétida vida pública de Brasília ?

ah, se nós tivessemos um naco da responsabilidade britânica, outro naco da observação dos franceses, mais um do patriotismo dos norte-americanos, e um naco de força de vontade dos japoneses, seríamos outro povo, uma nação que certamente seria uma potência com divisão mais justa de bens, e educada com todos seus méritos ... Mas somos um país gigante e pobre, lindo e maravilhoso, mas terrivelmente carente de homens de bem, de gente que cobre mais de sua classe política, que não se emudeça perante os descalabros, que descubra de uma vez por todas, que somos nós que devemos mudar nossa maneira de ser, para que em conjunto possamos dar ao Brasil, aquilo que ele merece: Um povo melhor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário