Me siga pelo E-mail, meu !!!

sábado, 14 de fevereiro de 2009

O mundo escondido em nós

Minha vida toda tenho visto as coisas, e elas me visto.
O que interfiro no andamento do mundo?
Faço alguma diferença? E se faço, que catso importa?
O mundo se tornou diferente com minha chegada?
Pequeno, miúdo mesmo e indefeso, dependendo de meus pais para minha proteção e desenvolvimento.Era um filhote, de pés minúsculos e inocente.
Cresci.
Com certeza mudei o mundo, respeitando as devidas proporções, sou um apanhado de átomos, moléculas, células e etc, que já pertenceram a outros seres vivos e que após minha morte farão parte de baleias, homens, gatos - que pensamento doido!
Mudei o mundo, pois atravessei o caminho de um monte de gente, pessoas que estiveram só um pouquinho comigo e outras que ficaram muito, outras tantas troquei sensações (amizades, cumplicidades, sorrisos, beijos, lágrimas, conversa fiada, amor, traição, medo, ódio), certamente elas mudaram minha percepção da vida e das coisas, e pode ser que tenha influenciado suas vidas também.
Mudei o mundo de várias pessoas, para o bem ou para o mal.Mas mudei.

Este blog é um velho amigo que ouvirá minhas lamúrias, meus desesperos, minhas alegrias e permanecerá incógnito, sombrio sem palavras, silencioso sem sorrisos, me apoiará quando fraquejar, me exultará quando precisar, me amparará quando a depressão cortas meus pulsos.

O mundo é vasto de sensações e desesperanças, agonias e prazeres, de mim e de você.Somos vastos como as estrelas e o universo.

Carregamos uma intranquilidade no peito, uma vontade desgraçada de gritar e outras de aconchegar-se em colos amantes.

Observe os detalhes neles mora o demônio, mas também a explicação para o inexplicável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário