Me siga pelo E-mail, meu !!!

domingo, 24 de julho de 2011

Cosplays legais





Mais pesquisados em 2010 no Google

Pessoas mais pesquisadas

justin bieber
katy perry
selena gomez
kim kardashian
eminem
lady gaga
miley cyrus
taylor lautner
megan fox
robert pattinson

Mais pesquisados em Saúde

hcg diet
dr oz
aspergers
mcdonalds nutrition
vitamin d deficiency
appendicitis symptoms
cholera
nfp
vacina h1n1
whooping cough

Notícias em destaque

haiti
besiktas
chile
earthquake
lady gaga
iphone 4
jörg kachelmann
menowin fröhlich
mobile technology
oil spill

Pesquisas crescentes

chatroulette
ipad
justin bieber
nicki minaj
friv
myxer
katy perry
twitter
gamezer
facebook

Mais Pesquisas em http://www.google.com.br/intl/pt-BR/press/zeitgeist2010/

Termos mais pesquisados no Google

O Google possui a melhor ferramenta de pesquisa do mundo. Mais quais seriam os termos mais pesquisados no Google?

O Google disponibilizou a ferramenta[bb] “Google Zeitgeist” para divulgar os termos mais pesquisados no Google em 2010. E em breve será possível saber os termos mais pesquisados no Google em 2011.

Através do “Google Zeitgeist” é possível saber os termos mais procurados no mundo inteiro. A ferramenta também faz um “Top 10″ por assunto, como esportes, mais populares, cuidados pessoais, etc.

Mãe de Óctuplos diz sentir "nojo" de seus filhos

Nadya Suleman de 36 anos ganhou fama ao dar à luz óctuplos em 2009, recentemente ela disse que sente "nojo" de seus filhos. Segundo ela, mesmo amando as crianças, gostaria de não tê-las tido. Nadya também chamou seus outros seis filhos de "animais".

A americana Nadya Suleman, 36 anos, que ganhou fama ao dar à luz óctuplos em 2009, disse que sente “nojo” de seus filhos. Segundo ela, mesmo amando as crianças, gostaria de não tê-las tido. “Eu odeio meus bebês, eles me dão nojo”, revelou a mãe, que pariu os oito após ter se submetido a um tratamento de fertilização in vitro.

Nadya, que vive na Califórnia (EUA), também chamou seus outros seis filhos de “animais”. “Meus seis filhos mais velhos são animais, porque eu não tenho tempo de criá-los”, afirmou a americana à revista Touch, ressaltando ainda que costuma se refugiar no banheiro para chorar e “ter um pouco de paz”.

A americana estaria participando de um reality show de namoros na TV para poder ganhar dinheiro e conseguir criar seus filhos. As afirmações devem reforçar dúvidas a respeito da capacidade da americana de cuidar de seus filhos, o que já havia sido debatido na ocasião do nascimento.

Marcos Veras no Jô Soares - Muito Bom !

Cobra de 2 cabeças.Fake ??

Uma serpente com duas cabeças está a fazer furor na Ucrânia e claro, na internet. Uma cobra albino é atualmente a maior estrela do zoológico ‘Skazka’, situado na cidade de Yalta, na Ucrânia.Sei não, perece bem "fake" esse negócio !

Caras Como Eu

Caras Como Eu
Titãs
Composição: Tony Bellotto

Caras como eu
Estão ficando raros
Como cabelos ralos
Que se partem e caem pelo chão

Caras como eu
Estão tirando o pé
Andando em marcha-ré
Com medo de entrar na contramão

Como trens do interior
Que não chegam no horário
Como velhos elefantes
Que morrem solitários

Caras como eu
Estão ficando chatos
Como solas de sapatos
Que se gastam
Com o passar do tempo

Não vou mais medir o tempo
Não vou mais contar as horas
Vou me entregar ao momento
Não vou mais tentar matar o tempo

Como palavras de amor
Que não se guardam em disquetes
Como segredos sem valor
Que a gente nunca esquece

Caras como eu
Estão ficando velhos
Calçando os seus chinelos
Concluindo que não há mais tempo

Não vou mais medir o tempo
Não vou mais contar as horas
Vou me entregar ao momento
Não vou mais tentar matar o tempo

Não vou mais medir o tempo
Não vou mais contar as horas
Vou me entregar ao momento
Não vou mais tentar matar o tempo

sábado, 23 de julho de 2011

A História das Coisas Parte 2.

A História das Coisa Parte 1 - Todos deveriam ter consciência das informações deste vídeo

Este vídeo dublado em português, mostra a história dos objetos de consumo, da sua produção ao descarte e revela quem são as verdadeiras vítimas do sistema de produção linear oferecendo alternatívas para mudar o paradígma consumista atual.


Trecho de "O Príncipe" de Maquiavel. (vale a reflexão)

Vale Mais Ser Amado ou Temido? Vale mais ser amado ou temido (na chefia)? O ideal é ser as duas coisas, mas como é difícil reunir as duas coisas, é muito mais seguro - quando uma delas tiver que faltar - ser temido do que amado. Porque, dos homens em geral, se pode dizer o seguinte: que são ingratos, volúveis, fingidos e dissimulados, fugidios ao perigo, ávidos do ganho. E enquanto lhes fazeis bem, são todos vossos e oferecem-vos a família, os bens pessoais, a vida, os descendentes, desde que a necessidade esteja bem longe. Mas quando ela se avizinha, contra vós se revoltam. E aquele príncipe que tiver confiado naquelas promessas, como fundamento do ser poder, encontrando-se desprovido de outras precauções, está perdido. É que as amizades que se adquirem através das riquezas, e não com grandeza e nobreza de carácter, compram-se, mas não se pode contar com elas nos momentos de adversidade. Os homens sentem menos inibição em ofender alguém que se faça amar do que outro que se faça temer, porque a amizade implica um vínculo de obrigações, o qual, devido à maldade dos homens, em qualquer altura se rompe, conforme as conveniências. O temor, por seu turno, implica o medo de uma punição, que nunca mais se extingue. No entanto, o príncipe deve fazer-se temer, de modo que, senão conseguir obter a estima, também não concite o ódio.

Nicolo Maquiavel, in 'O Príncipe'

Esqueleto Estiloso !!

Este vídeo é antigo, mas muito legal.Interessante que apesar da grandiloquência das últimas tecnologias, a singela arte das marionetes ainda encanta.


Cidade das Formigas - Formigueiro impressionante

Esté vídeo é parte de um documentário da Discovery, sobre um formigueiro gigantesco, que pode ser comparado a construção da Grande Muralha da China.

Dionne Bromfield - Descoberta por Amy Winehouse em 2009.

Dionne Bromfield (nascida em 1996, em Kent) é uma cantora inglesa. Apareceu cantando para o grande público pela primeira vez em um vídeo no website YouTube, em uma performance da canção "If I Ain't Got You" (de Alicia Keys) junto a sua madrinha, a ganhadora do Grammy Amy Winehouse[1].

Em setembro de 2009, Bromfield foi a primeira artista a assinar com a gravadora de Winehouse, a Lioness Records. Seu primeiro álbum Introducing Dionne Bromfield, cujas faixas são regravações de artistas do R&B, jazz e soul music, foi lançado em 12 de outubro de 2009. O primeiro single, "Mama Said", será lançado no dia 2 de novembro de 2009.

Amy Winehouse, uma voz que se cala. 1983-2011

terça-feira, 19 de julho de 2011

Todo homem que é um homem ...

"Todo o homem que é um homem a sério tem de aprender a ficar sozinho no meio de todos, a pensar sozinho por todos - e, se necessário, contra todos."

Romain Rolland França
1866 // 1944 Novelista, Biógrafo, Compositor e Musicólogo

domingo, 17 de julho de 2011

Para vos poupar ao meu amor

Sentada à mesa do jantar, troco com a família considerações de recém-licenciada. Constato, pela primeira vez e com alguma violência, que o mundo contemporâneo não foi feito para mim. Ou que eu não fui feita para o mundo contemporâneo. Sinto - fulminantemente e obscuramente e dolorosamente - que a matéria de que sou feita não poderá resistir a um só dos maravilhosos planos que a civilização humana tem preparados para mim desde há séculos: ser mulher, mãe, trabalhadora, cidadã. Crente, protestante. Ser amiga, ser amante. Sou uma peça do puzzle que não encaixa, um produto industrial com defeito de fabrico. Tenho por dentro um intruso, um inimigo invencível. Estou à mercê de um predador implacável. Compreendam: eu não posso esperar pelo Natal para que possa dizer que vos estimo. Eu não posso esperar pelo fim das coisas para que possa dizer que vos desejo bem. Do que eu preciso é de um mundo onde possa citar Rilke sem correr o risco de ser internada. Onde possa viver livremente o meu romantismo sôfrego e vagamente idiota. Um mundo onde possa aparecer - sem livro para devolver, sem DVD para pedir emprestado - e dizer «Tudo, excepto tu, é rotina peganhenta»!
Ouvir dizer «amo-te» era fácil, hoje já é mais complicado. Requer muito treino, não estamos preparados. Fomos educados para sermos acima de tudo eficazes. Nada nos foi dito na aula de descer abismos. Nada vem escrito nos livros que lemos. Tudo nos abala, nos confunde. Nos funde por vezes com o que, depois vemos, não é digno do nosso amor.

Ah, o amor. O amor faz-se se houver tempo. O amor faz-se aos bocadinhos e só se convier. O amor faz-se na pausa para o café. O amor é uma aberração. O amor mete medo. Chega-te para lá com esse «adoro-te»! Não me venhas com esse «gosto de ti»! Cai-nos a PIDE do amor em cima, és apanhado e vais dentro. O amor quer-se preso pela trela. O amor quer-se de castigo no canto da sala. Pouca conversa, pouco barulho. O amor custa. Perde-se tempo e dinheiro. O amor está fora de moda. Não condiz com as batas brancas da biologia nem com os botões coloridos da tecnologia nem com a cor do papel dos contratos pré-nupciais. O amor é para meninos, ser-se crescido é outra coisa. O amor foi-nos confiscado.
Não contem comigo. Eu não tenho jeito nenhum para ser a pessoa que todos esperam. Não tenho competência para ficar a ver o amor passar sem correr atrás. Compreendam: o amor é a minha campainha de Pavlov.
Estímulo-resposta, como me foi explicado na escola de fazer profissionais.
Eu não tenho jeito para telefonemas nem para passeios em centros comerciais.
Não contem comigo para ser cão que ladra mas não morde. Não contem comigo para não dizer o que não é suposto. Para cancelar beijos, inventar pretextos, sufocar euforias, adiar alegrias. Para vos escutar em silêncio.
Para vos poupar ao meu amor, não contem comigo. Compreendam: eu não me posso comprometer.

Susana Cristina Marques Santos, in 'Textos de Amor – Museu Nacional da Imprensa'

O preço da riqueza

O Preço da Riqueza Não invejemos a certa espécie de gente as suas grandes riquezas: eles as têm à custa de um ónus que não nos daria bom cómodo. Estragaram o seu repouso, a sua saúde, a sua felicidade e a sua consciência, para as conseguir: isso é caro demais, e não há nada a ganhar por esse preço.
Quando se é novo, muitas vezes é-se pobre: ou ainda não se fez aquisições, ou as heranças ainda não vieram. A gente torna-se rico e velho ao mesmo tempo; tão raro é poderem os homens reunir todas as vantagens!

E se isso acontece a alguns, não há que invejá-los: eles têm a perder com a morte o bastante para serem lamentados. É preciso trinta anos para pensar na fortuna; aos cinquenta está feita; contrói-se na velhice e morre-se quando ainda se está às voltas com pintores e vidraceiros. Qual o fruto de uma grande fortuna, se não gozar a vaidade, indústria, trabalho e esforço dos que vieram antes de nós, e trabalharmos nós mesmos, plantando, construindo, adquirindo, para a posteridade?
Em todas as condições, o pobre está mais próximo do homem de bem, e o opulento não está longe da ladroeira. A capacidade e a habilidade não levam a grandes riquezas.

Jean de La Bruyére, in "Os Caracteres"

A Bandeira do Divino - Ivan Lins

Em show ao vido, Zizi Possi, Jorge Vercilo e Simone acompanham Ivan Lins em sua composição - Os devotos do Divino.

OS DEVOTOS DO DIVINO (Ivan Lins)

1.Os devotos do Divino
vão abrir sua morada
pra bandeira do Divino
ser bem-vinda, ser louvada, ai, ai.

2.Deus vos salve esse devoto
pela esmola em vosso nome.
Dando água a quem tem sede,
dando pão a quem tem fome, ai, ai.

3.A bandeira acredita
que a semente seja tanta,
que essa mesa seja farta
que essa casa seja santa, ai, ai.

4.Que o perdão seja sagrado,
que a fé seja infinita,
que o homem seja livre,
que a justiça sobreviva, ai, ai.

5.Assim como os três Reis Magos
que seguiram a estrela-guia,
a bandeira segue em frente
atrás de melhores dias, ai, ai.

6.No estandarte vai escrito
que Ele voltará de novo.
E o Rei será bendito,
Ele nascerá do povo, ai, ai.

Greice Ive - interpreta "Meu Erro" do Paralamas do Sucesso.

Não conhecia esta intérprete.Canta com suavidade e técnica.Show.


Robert Walser (1878-1956)

"Quando as pessoas alcançam sucesso e reconhecimento, notamos de imediato, porque, fartas de satisfação consigo mesmas, elas se tornam quase gordas, e a força das vaidades as incha feito balões, deixando-as irreconhecíveis.Que Deus proteja um homem do reconhecimento das multidões.Quando não o arruína, ele só faz confundi-lo e drenar suas forças."

Robert Walser - Livro: Jakob Von Gunten, Pag, 75.

sábado, 16 de julho de 2011

Diana Krall - Walk On By

Ao ouvir (e assistir) esta música, penso que a premissa do ignorante ser aquele que desconhece o bem, ou o que é bom, é bastante acertada.Pois não há explicação satisfatória para pessoas ditas normais, apreciarem "artistas" populares inferiores em técnica, voz, aparato, desempenho, gosto, etc, em detrimento de espetáculos como esse.Ainda me surpreendo com a bestialização do ser humano e seu desapreço ao que é bom.

A tatuadora de apenas 3 anos de idade

Muitos pais ficam fascinados por qualquer arte que seus filhos façam, onde um monte de rabiscos vira uma obra prima. Blane Dickinson tem um estúdio de tatuagem e sua filha Ruby, de apenas 3 anos, já faz tatuagens no braço do pai. Ele está importando uma máquina especial para quem tem mãos pequenas para que a garotinha se especialize ainda mais no negócio da família. Você se deixaria ser tatuado por Ruby?



Fonte: Oddee

Leis de Atração: uma coisa é atraída pela outra ...

Olhos e bunda
Pobre e funk
Mulher e vitrines
Homem e cerveja
Chifre e dupla sertaneja
Carro de bêbado e poste
Tampa de caneta e orelha
Moeda e carteira de pobre
Tornozelo e pedal de bicicleta
Leite fervendo e fogão limpinho
Político e dinheiro público
Dedinho do pé e ponta de móveis
Camisa branca e molho de tomate
Tampa de creme dental e ralo de pia
Café preto e toalha branca na mesa
Dezembro na Globo e Roberto Carlos
Show do KLB e controle remoto (Para mudar de canal)
Chuva e carro trancado com a chave dentro
Dor de barriga e final de rolo de papel higiênico
Bebedeira e mulher feia
Sábado e chuva
Segunda-feira e dor de cabeça
Feriado e carteira vazia

as leis-irmãs da "lei de murphy"

Veja alguns exemplos:

Lei da Fila
Se você troca de fila, a em que você estava começa a andar mais rápido que a outra, para onde foi.
Lei do Telefone:
Quando você disca um número errado, nunca o encontra ocupado
Lei do Reparo Mecânico
Quando suas mãos estão sujas de graxa, seu nariz começa a coçar
Lei do Trabalho
Qualquer ferramenta, quando cai, rola para o canto de mais difícil acesso
Lei do Álibi
Se você diz ter se atrasado devido a um pneu furado, no dia seguinte ele fura
Teorema do Banho
Quando você está imerso na banheira, o telefone toca.
Lei do Encontro
As chances de encontrar um conhecido quando você está com alguém com quem não quer ser vistos aumentam, e muito
Lei do Resultado
Quando você tenta provar que uma máquina não funciona, ela funciona
Lei do Café
Tão logo você se senta para tomar um café seu chefe lhe pede para fazer algo que só vai terminar quando o café estiver frio.

Sem palavras.

Este vídeo do seriado Glee, onde um coro de surdos-mudos canta "imagine" de John Lennon.
Difícil não se emocionar.


the bird and the bee - kiss on my list (tribute a daryl hall e john oates)

The bird and the bee, interpretam "kiss on my list", uma música lenta e cadenciada (observa-se a bateria)num tributo aos músicos daryl hall e john oates.

Fotos de São Paulo: o poder da transformação do homem

Na primeira foto vemos o Largo de São Francisco em 1862 e em 2007, e na segunda vemos a Rua Barão de Itapetininga em 1905 e 2007.

Clique nas fotos para ver em tamanho maior, e se quiser ver mais fotos acesse: http://www.skyscraperlife.com/brazil/6877-sao-paulo-ontem-e-hoje-fotos-de-1862-2007-a.html





September !! by Pomplamoose

Vídeo muito legal, de uma música "simples" e meio insossa.Interessante como é possível transformar um trabalho em um muito melhor.A "banda" Pomplamoose tem acertado a mão nestes trabalhos covers.Eis aí.


The Smiths

A banda nasceu no início de 1982 e era formada inicialmente por Steven Patrick Morrissey e pelo guitarrista John Maher.A música "heaven knows i'm miserable now", cujo vídeo postei abaixo,foi lançada em 1984, ou seja, há 27 anos.Foi uma das bandas que influenciou boa parte das boas bandas da década de 80.Como por exemplo, titãs, barão vermelho, legião urbana, paralamas do sucesso, camisa de vênus, ira, e por aí vai.

UMA PUTA BANDA, e esta música, em especial tem uma sonoridade impressionante.

A letra da música e sua tradução:

Heaven Knows I'm Miserable Now

I was happy in the haze of a drunken hour
But heaven knows I'm miserable now
I was looking for a job, and then I found a job
And heaven knows I'm miserable now
In my life
Why do I give valuable time
To people who don't care if I live or die?

Two lovers entwined pass me by
And heaven knows I'm miserable now
I was looking for a job, and then I found a job
And heaven knows I'm miserable now
In my life
Oh, why do I give valuable time
To people who don't care if I live or die?

What she asked of me at the end of the day
Caligula would have blushed
"You've been in the house too long", she said
And I naturally fled
In my life
Why do I smile
At people who I'd much rather kick in the eye?

I was happy in the haze of a drunken hour
But heaven knows I'm miserable now
"You've been in the house too long", she said
And I naturally fled
In my life
Why do I give valuable time
To people who don't care if I live or die?

O Céu Sabe Que Estou Arrasado Agora

Eu estava feliz na bruma de uma hora embriagada
Mas o céu sabe que estou arrasado agora
Estava procurando um emprego, e então eu encontrei um emprego
E o céu sabe que eu estou arrasado agora
Na minha vida
Por que eu desperdiço um tempo precioso
Com pessoas que não se importam se eu estou vivo ou morto?

Dois amantes enlaçados passam por mim
E o céu sabe que eu estou arrasado agora
Estava procurando um emprego, então eu encontrei um emprego
E o céu sabe que eu estou arrasado agora
Na minha vida
Oh, por que eu desperdiço um tempo precioso
Com pessoas que não se importam se eu estou vivo ou morto?

O que ela me pediu ao final do dia
Faria Calígula corar
"Você está nesta casa há tempo demais", ela disse
E eu naturalmente fugi
Na minha vida
Por que será que eu sorrio
Para pessoas a quem eu preferiria muito mais chutar no olho?

Eu estava feliz na bruma de uma hora embriagada
Mas o céu sabe que estou arrasado agora
"Você está nesta casa há tempo demais", ela disse
E eu naturalmente fugi
Na minha vida
Por que eu desperdiço um tempo precioso
Com pessoas que não se importam se eu estou vivo ou morto?

heaven knows i'm miserable now

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Capengando

Cá estou de volta, no melhor estilo "go back".Andei pelo mundo afora e vi coisas das quais me impressionei e outras das quais me esquecerei.Caminhei pelo universo de minhas infundadas incoerências e naveguei pelo mar de asneiras e belezas da vida.Ah! Belo mundo de facetas estranhas! Tenho cá dentro o fogo das paixões derradeiras ; a crueza de meus pensamentos obscenos ; minha alma em ressonância com o corpo ; meu estranho mundo, vasto mundo e incerto mundo de tantos desvarios! Aqui jorrarei minhas angústias, a agruras observadas no cotidiano e as belezas momentâneas que nos cercam, os instantes mágicos imperceptíveis aos olhos duros.Vamos amolecer o olhar então!
Ah! Doces delírios da mente que clama entendimento e abomina a ignorância.E ignorante não é aquele que não sabe, mas o que se nega ao saber.
Vamos lá, capengando e sempre.